22 julho 2016

The 100 (Resenha)


Cara, eu ando assistindo cada série maravilhosa, que é claro que eu não poderia deixar vocês de fora. Bom, a primeira que eu assisti recentemente foi The 100, essa série não é muito falada, mas eu já tinha conhecimento sobre ela, porém eu vinha relutando, porque eu não tinha ideia se eu ia gostar ou não, na verdade eu acho que eu estava com um pouco de preguiça em me debruçar em algo novo. Quem nunca?
Nos primeiros episódios eu pensei em parar de assistir, porque The 100 é uma série que geralmente não é amor à primeira vista, no entanto, ela vai te cativando aos poucos, tanto que quando você chega ao último episódio, você só quer MAIS.
A série no primeiro momento gira em torno de um grupo de 100 jovens que estavam morando no espaço, mas que cometeram delitos na Arca (que é tipo uma nave espacial) e se encontravam presos. Como parte da sua pena tiveram que fazer obrigatoriamente uma "expedição" à Terra, afim de ver se ela era habitável, por ter sido palco de uma terrível guerra nuclear, motivo que os havia levado para o espaço, só que o grande problema é que a Arca estava "morrendo" e eles precisavam de uma solução o mais rápido possível. Mas, ao chegar aqui as coisas saíram completamente do controle e logo eles perceberam que não estavam sozinhos e que teriam que lutar pela sua sobrevivência. 
Vale muito a pena assistir essa série, eu estou louca para conferir a segunda temporada, só não comecei ainda porque eu já tenho agendado na minha listinha outras séries para conhecer, mas muito em breve, se Deus quiser, eu pretendo assistí-la. 
Se vocês quiserem que eu conte a minha opinião também do que eu achei da 2ª temporada, deixem um comentário, que eu com certeza farei. Eu posso até fazer um "quadro" só com este propósito (:.
De personagens que eu gostei tem a Clarke Griffin, a Octavia Blake, o Lincoln e a Raven Reyes. Estes foram que eu mais curti, os outros não me cativaram tanto quanto estes. 
PS: Gostar de um personagem, não é o mesmo que concordar com todas as suas atitudes, então eu falei de um modo geral. 
Um super beijo e até a próxima!

19 julho 2016

Book Haul | Junho e Julho de 2016 / Parte 1



Infelizmente eu tive que dividir este book haul em duas postagens, porque eu li muito nessas férias, mas eu não sei se vou comprar mais livros ainda neste mês de julho, porque as minhas aulas já estão para começar. 
Como vocês podem ver minhas primeiras comprinhas foram Jogos Vorazes e Em Chamas, da autora Suzanne Collins. Também comprei Como eu era antes de você da Jojo Moyes, Namorado de Aluguel da Kasie West e A Intuitiva de Hannah Howell. Todos estes livros já foram lidos e terão suas resenhas liberadas aqui no ER em breve. Este post é mais para atualizar vocês sobre as minhas últimas leituras. Então é isso, um super beijo e até outro dia!


16 julho 2016

Últimos filmes assistidos {Parte 2}


Pai em dose dupla era um filme que eu estava louca para assistir no cinema nesse ano, mas graças a Deus que eu não fui, porque eu não teria gostado nenhum pouco. O filme não é totalmente sem graça, porque você ainda consegue dar um ou dois risinhos, mas tirando isso a emoção que mais predominou ao assistí-lo foi raiva, no caso do Dust, o pai biológico das crianças. Mas, no mais, o filme é bem passável e vazio.


Warcraft - O Primeiro Encontro de Dois Mundos foi um filme que eu estava um pouco relutante para assistir, mas que me surpreendeu de forma positiva. Eu nunca joguei Warcraft, então, eu só tinha visto o trailer. E venhamos e combinamos, para uma romântica inconfundível como eu,o trailer era um aviso para que eu mantivesse uma certa distância. Mas,como é possível ver eu descartei esse aviso e foi um dos filmes que eu assisti no cinema esse ano. O que foi bom, mas digo já de antemão que o romance que existe no filme é só para "constar", porque o foco dele é guerra. O filme é violento, mas tem um pitada de mistério, além ótimos efeitos especiais, mas eu vi algumas resenhas, falando que os orcs ficaram bem exagerados, mas como eu não tenho o conhecimento necessário para opinar, então eu só posso dar a minha opinião de forma bem geral. Pra resumir,eu achei o filme interessante, mas não sei se eu assistiria novamente, apesar de ter gostado da história. Adianto que a maior parte do filme é barraco, gritaria e confusão,haha. Ah, e não podia deixar de falar que muita gente morre e eu não curti  isso, porque você fica torcendo lá, tirando os fios que restam dos seus cabelos, achando que vai ter uma reviravolta e termina apenas se decepcionado. Mas, tem alguns acontecimentos que quebram um pouco isso, porém como gira ao redor deste primeiro encontro dos orcs com os humanos, não se pode esperar uma coisa lá muito boa.


Invocação do Mal 2, pois é, eu assisti com a minha prima no dia do aniversário dela, eu fui pela minha própria vontade, pra ser sincera eu estava bem curiosa em relação a este filme. Mas, como já dizia aquele ditado popular, a curiosidade matou o gato. Foi o segundo pior filme de terror que eu assisti no cinema, o primeiro foi O exorcismo de Emily Rose , que eu fiquei sem dormir direito por dias. E aconteceu o mesmo com Invocação do Mal 2, já faz semanas que eu não durmo relaxada e que não que me sinto confortável no escuro. 
Eu havia esquecido o quanto eu sou frouxa com filmes de terror, principalmente envolvendo demônios ou espíritos. Eu sempre tive uma certa dificuldade pra dormir, porque eu não gosto do escuro e nem de silêncio. 
Isso foi uma lição para que nunca mais faça essa gracinha novamente,haha. Por fim, não recomendo o filme, apesar de ter gostado do final, mas que não irei comentar, para não soltar um spoiler. 
Ah! E só pra finalizar, queria dizer que nunca vi uma criatura tão assustadora como aquela freira. #Vade retro Satana!



Expectativas Reais
Layout desenvolvido por: Daniela da Silva
Tecnologia do Blogger