28 agosto 2013

Deus aprova namoro?

Olá, antes de tudo... Quero relembrá-los de que não sou a pessoa mais espiritual ou mais sábia de todo o mundo. Tudo o que eu irei relatar nessa postagem é com base no que eu vi, vivenciei e estou vivendo. Falarei de experiências e de alguns aprendizados, que obtive na minha caminhada com Cristo.
Não faz muito tempo que descobri que Deus tem um relacionamento individual com cada um de nós. Sendo desta forma, devemos olhar pelo lado que nem tudo serve para todos. Porém, muita calma nessa hora! Antes de sair por aí fazendo ou dizendo coisas sem cabimento e repassando que fui eu que disse, por isso eu peço C-A-L-M-A. Não, estou me referindo à palavra de Deus, pois esta é imutável, assim como Ele. A bíblia possui ensinamentos que servem para todas as pessoas. Mas, o que Deus quer de você, é com você e com Ele. Mais com Ele do que com você, para ser sincera. Pois, nenhuma folha se quer cai de uma árvore, sem que Ele tenha permitido. Deus tem seus propósitos, grave isso! Se você chegou até aqui desesperado (a) por algumas respostas, eu estou pronta para te ajudar. Tudo o que eu preciso é que você esvazie a sua mente e preste bastante atenção... pronto (a)?! 
Deus é soberano. E sendo soberano, Ele pode escolher o amor da sua vida ou deixar ao seu critério. O que acontece no segundo caso, é que mesmo que Deus deixe a decisão em suas mãos, depois de um tempo você descobrir que essa era a vontade dEle. Como assim?! Simplesmente, pelo fato que os planos de Deus já estão traçados para a sua vida e não podem ser frustados. E se Deus permitir que você escolha é porque você já amadureceu o suficiente para fazer isso, para saber o que Ele quer de você e que pessoa Ele quer que você tenha ao seu lado. Pois, assim como uma mãe e um filho pequeno, ela sabe exatamente que tipo de brinquedo é mais apropriado para a idade dele, mas ela o deixa escolher. Mas, se ele escolhe o brinquedo errado... ela tenta ajudá-lo a compreender porque este não serve para ele. E mesmo se a criança não compreender existem duas opções: ou ela deixa a criança levar o brinquedo mesmo assim, ou ela bate o pé e o proibi de levá-lo para casa. Nesses dois casos, eu suponho que se coubesse a mim tal decisão eu confesso que não saberia qual seria a mesma. Levando em conta, que se as hipóteses estivessem certas sobre o brinquedo, a  criança logo enjoaria, ou não saberia brincar com o mesmo e ainda iria querer outro. Isso gastaria dinheiro e talvez um pouco de tempo, até que surgisse outra ocasião para presenteá-lo. Vocês estão compreendendo até aqui?! Espero que sim! Como eu estava dizendo...  Cada pessoa tem a sua essência e isso é tão maravilhoso, não é mesmo?! E como um bom Pai, Deus sabe como agir com cada filho, pois os mesmos possuem essências diferentes.
Algumas pessoas dizem que Deus continuou a escolher os seus respectivos ''parceiros'' em alto e bom som, pois no Antigo testamento vemos casos semelhantes. Só que existem dois tempos, o da lei e o da graça. E nós estamos vivendo no tempo da graça. Vivemos debaixo da misericórdia de Deus e do amor de Cristo. Agora, com base na minha experiência eu só identifiquei qual era a vontade de Deus nesse meu relacionamento depois que eu disse sim ao meu namorado. Pois, os frutos do nosso namoro vieram depois. Assim, como na maioria dos relacionamentos, é necessário um tempo para saber quem é quem. Uma das coisas que posso afirmar é que Deus não deixa um filho seu ficar no engano. Mas, ao contrário do que se pensa, Deus não vai  usar profetas para revelar a sua vontade, Ele não vai se manifestar de uma forma surpreendente. A verdade se encontra diante dos seus olhos, nos olhos do sua (seu) pretendente. E uma hora a máscara cai, não pode a árvore boa dar maus frutos; nem a árvore má dar frutos bons. Tudo depende da essência da árvore. Deus, na maioria das vezes fala em nossos corações, e aponta o caminho certo. E a vontade de Deus para nós todos, é a nossa santificação. Essa é a prioridade. Seu namoro te faz ser mais santo? Que maravilha! Continue indo por essa direção. Não somos perfeitos, mas temos ao nosso lado um ser que pode nos moldar se permitirmos. E é claro, não chegue e nem cogite chegar perto da maçã!
O coração realmente enganoso é. Por isso é necessário deixar a voz de Deus ocupá-lo por completo. Clame e Ele te responderá. Você pode ter certeza disso! 
A voz de Deus... em alguns momentos é o que algumas pessoas chamam de: bom senso. Sei que pode parecer engraçado, mas Deus se encontra nos detalhes e na simplicidade das coisas. Existem pessoas que vão abraçar missões diferentes, como mudar a vida de uma pessoa que vive apenas dos prazeres do mundo ou de alguma outra se encontra entregue à depressão ou fazer a luz entrar no coração de um ateu. Existe algo em comum entre pessoas que se encontram nessas situações e isso é inegável. Ambos precisam do amor de Deus. Ambos precisam saber que Ele enviou o seu único filho à terra, por que olhou para todos nós, e pensou: ''eu não quero passar a eternidade sem eles.'' Só que a sua missão depende de Deus e não de você. Se você não tem certeza se você nasceu com a missão de restaurar a vida de uma pessoa por meio do seu relacionamento amoroso com ela, não faça isso. Deus dá as cartas, e você joga! Nem preciso dizer que uma das coisas mais maravilhosas é namorar alguém que ora com você, que tem o mesmo objetivo de servir à Deus. Tudo se torna tão leve... 
Hoje é o meu  aniversário, finalmente 21. Parabéns para mim. Beijos e até a próxima postagem






23 agosto 2013

Percy , pela segunda vez na telona ♥

Na segunda-feira eu fui curtir o friozinho bem aquecida com o meu casaco salmão e um óculos 3D. Percy e o mar de monstros vale muitíssimo a pena ser visto no cinema, pois os efeitos ficaram incríveis. Fiquei feliz em rever Percy, Annabeth e Grover em uma nova aventura. E também em conhecer o Tyson e a Clarisse. 
Assim como no primeiro filme, o segundo tem uma pegada bem parecida, misturando comédia com aventura. Eu acho que o filme poderia ter tido um pouco mais de mistério. O que foi notado por mim, é que o mesmo teve um começo, um meio e um fim como qualquer outro filme, só que as marcações ficaram muito visíveis... Em outras palavras, o que eu quero dizer é que de certa forma em alguns momentos ficou tudo meio óbvio demais. Eu sinto que faltou uma coisa que provavelmente encontrarei no livro. E o primeiro filme, ainda continua sendo o meu favorito. 

Beijos e até o próxima postagem 
                                                              

19 agosto 2013

Comentários sobre o livro {Para sempre - Os imortais}


Uma vida perfeita: essa era a realidade de Ever Bloom. Ela era uma garota popular, acabara de se tornar líder de torcida do principal time da escola e morava numa casa maravilhosa, com o pai, a mãe, uma irmãzinha e a cadela Buttercup. Nada no mundo parecia capaz de interferir em sua felicidade, o céu era o limite! Até que um desastre de automóvel transformou tudo em um pesadelo angustiante.
Ever perdeu toda a sua família. Mudou de cidade, de escola, de amigos, e agora precisa aprender a conviver com uma realidade insuportável: após o acidente, ela adquiriu dons especiais. Ever enxerga a aura das outras pessoas, pode ouvir seus pensamentos e, com um simples toque, é capaz de conhecer a vida inteira de alguém. É insuportável. Ela foge do contato humano, esconde-se sob um capuz e não tira dos ouvidos os fones do i-pod, que encobrem o som das mentes a seu redor.
Até que surge Damen. Tudo parece cessar quando ele se aproxima. Só ele consegue calar as vozes que a perturbam tão intensamente. Ever não entende porquê, mas é incapaz de resistir à paz que ele lhe proporciona, à sensação de, novamente, ser uma pessoa normal. Mas ela não faz ideia de quem ou o quê Damen realmente é. Sua única certeza é estar cada vez mais envolvida... e apaixonada. (Informações retiradas do Wikipédia.)
Minha vez de falar
O livro em si tem os seus pontos fortes. Ele possui algo que te faz querer devorá-lo. Em alguns momentos me peguei envolvida com a história, principalmente em saber o que aconteceria nos próximos capítulos. Mas, definitivamente o enredo não é fantástico ou se quer marcante. É como um conto de fadas para ser lido em uma só noite. O que me decepcionou bastante foram os personagens. Ganhei esse livro, porém eu o escolhi. E só o escolhi pelo o que li em sua capa. Não me arrependo de ter o pedido. Foi divertido lê-lo em apenas dois dias, foi legal o misto de sensações que senti em relação ao mesmo. Agora, falarei um pouco sobre os personagens, na verdade, sobre o meu ponto de vista sobre eles.

Ever, a principal. Uma garota que se esconde atrás de roupas nada elegantes e vive com fones de ouvido. Ela passa a maior parte do tempo se culpando pela morte de sua família e por isso, o livro em alguns momentos, ou na boa parte deles, narra um drama. 

Damem, o novato mais cobiçado da escola. O que me surpreendeu é que o mesmo não tem aquela aparência que já esperamos. Definitivamente ele não é o garoto de cabelos e olhos claros. Ele tem uma beleza diferenciada. 

Miles, o amigo da Ever. Ele foi o mais engraçado, confesso que ele arrancou alguns risinhos meus.

E por fim Drina, a vilã mais sem graça que eu já vi. E, não preciso acrescentar mais nada.

 A frase que eu mais gostei do livro, foi essa: 
Só agora que me dou conta de um mau sinal: ninguém leva um suvenir de um lugar ao qual pretende voltar muitas vezes.
Como uma mulher cristã, em alguns momentos vi algumas ações que não condiziam com o que eu acredito. Mas, quando me deparo com as mesmas, apenas me lembro do que tem na bíblia e passo a analisar o livro com mais cuidado. 
Eu não tenho a pretensão de acompanhar o desenrolar dessa história nos próximos livros. Para mim, a história da Ever acabou por aqui. 
Eu não gosto muito desse ''amor'' que abordam em algumas histórias, elas relatam um amor sufocante, mais importante que oxigênio. Antes, eu poderia achar algo fofo. Pois, já senti isso. Só que isso me acarretou muitos problemas. Não devemos colocar outras pessoas no lugar que deveria ser de Deus. E hoje eu vivo um relacionamento, tranquilo e descubro a cada dia que passa que o amor não é nada do que eu escrevia ou pensava. O amor tem muito mais a ver com Deus. É só isso. Obrigada pelo carinho

17 agosto 2013

Resenha: Niely Gold, creme de tratamento.


Esse produto é um creme de tratamento pós-química com óleo de Argan. Destinado aos cabelos danificados que passaram por processos químicos. O creme promete cabelos macios, tratados e saudáveis. E cumpre
Talvez o primeiro segredo desse produto seja a MAXQueratina , que para quem não sabe, a mesma é um diferencial da linha Niely Gold.
E o segundo segredo talvez seja, o potente óleo de Argan. Capaz de hidratar profundamente os fios com absorção imediata. 
Na primeira vez que apliquei , eu já vi resultados, como o prometido. O cabelo estava brilhoso, cheiroso e principalmente hidratado. Então, por isso... eu posso afirmar que esse creme de tratamento, funcionou comigo.

PS:

  1. O creme não é consistente. Mas, isso não atrapalhou em seus resultados. Foi o ''barato'' , que saiu ''barato''. 
  2. Funcionou comigo, e isso não quer dizer que vai funcionar com qualquer pessoa. Apenas, contei a minha experiência com a linha. E que valeu a pena para mim, talvez valha a pena para você. 

14 agosto 2013

21 anos, e aí?



Me lembro bem do meu primeiro all star e também de algumas bonecas que tive, do aconchego que eu recebia quando ficava doente e da primeira vez em que tive de ser internada no hospital e principalmente dos sonhos... Sonhos tão inocentes. 
Lembro com um pouco de dificuldade, mas lembro, dos meus primeiros dias no jardim de infância e de reproduzir nuvens feitas de algodão, e até mesmo do meu projeto do pé de feijão.
Papai Noel, fada do dente, homem do saco... Moram em um lugar chamado: PASSADO. 
Talvez, eu quisesse ir lá. Queria rever o meu cachorro, envolvê-lo em meus braços e ouvir o seu latido de alegria. Eu queria também deslizar as pontas dos meus dedos em seus pê-los macios e sentir aquele fucinho gelado na minha bochecha.
A infância costumava ser calmaria...
Amigos imaginários, filmes na sessão da tarde, tantas histórias inventadas... 
A solidão me abraçava em tardes assim, mas não era ruim.
Eu cresci. Houveram mudanças. Tantas primeiras coisas...
Primeiro beijo, primeiro poema, primeiro amor, primeira decepção...
Mas, nada se compara com o dia em que encontrei Deus.
21 anos é um presente, que se encontra ainda embrulhado. Esperando a hora certa de pular em minhas mãos. Espero que ele me traga 21 boas recordações.

12 agosto 2013

Mundo universitário, como é?



A faculdade é uma etapa muito boa na vida de um estudante, porém um tanto quanto complicada em certos aspectos. Eu por exemplo, estou cursando Letras/Inglês e Português. Mas, essa foi a minha segunda tentativa em um curso de nível superior. Confesso, que tenho achado o meu curso um pouco cansativo e até monótono. Eu não tinha expectativas quando ingressei na faculdade e acho que isso me ajudou bastante, mas ao mesmo tempo me frustou bastante também. No entanto, eu quero muito tirar o maior proveito do curso e principalmente conquistar o meu diploma. A faculdade na minha opinião não se diferencia muito de um colégio. O que realmente se destaca em termo de mudanças, é o fato de estarmos estudando o que gostamos e ao mesmo tempo estarmos sendo preparados para o mercado de trabalho. 



Você pode faltar as aulas? Pode, só não deve! Os professores não correrão atrás de você ou dos seus pais. Ir para as aulas, meio que se torna uma responsabilidade exclusivamente sua. No colégio estávamos acostumados aqueles puxões de orelha de vez em quando, nos relembrando dos nossos deveres e nos alertando sobre a importância do colegial para o futuro. Só que na faculdade, o futuro chegou. E é a hora de deixar os velhos hábitos do ensino médio também.
Como funciona o sistema de faltas na faculdade? Isso depende da instituição. Mas, geralmente com um determinado número de faltas você reprova a cadeira e não será mais necessário você comparecer à aula da disciplina que você foi reprovado. 


Depende da faculdade. Na minha por exemplo,  as festas só acontecem se a sala se mobilizar e organizar o evento. Não é comum ter calouradas lá. A calourada para quem não sabe, é um evento que ocorre nas instituições de ensino brasileiras. Eu tenho amigos que frequentam esse tipo de festas, e o meu conselho para vocês que estão com os dias contados para a faculdade ou que estão com a data marcada de alguma calourada,é que tomem cuidado com pessoas erradas. Sabemos que em festas deste tipo; bebidas, drogas e sexo são maneiras de se divertir para alguns estudantes. Porém, não faça algo que você provavelmente vai se arrepender amargamente depois. Não existe nada melhor do que ter o domínio sobre si mesmo e o travesseiro mais fofo que você pode dormir, é uma consciência tranquila. 


Bom, primeiro precisamos ter em mente que estamos indo para um ambiente de estudo. Evitar roupas desconfortáveis é uma dica que deve ser seguida à risca. Pois, não tem nada pior que se encontrar em um local que não condiz com a sua vestimenta. Eu particularmente gosto de usar alguns looks que falem um pouco sobre mim, algo meio alternativo com um toque pessoal meu. Por mais que eu esteja indo estudar, eu gosto de me sentir bem com o que eu visto. Mas, sempre fazendo algumas mudanças para me adequar ao ambiente em que estou fazendo parte. Um dica que é indispensável é comprar um casaquinho bem quentinho caso a sua sala tenha ar condiciado. As vezes sinto que me confundem com um pinguim. E em algumas faculdades, eles disponibilizam blusinhas com o nome dos cursos.


Não vou dizer que é desnecessário. Pois, eu mesma faço uso de cosméticos para ir à faculdade todos os dias. Me encontro em uma fase mega chata, onde espinhas fazem parte da minha vida. Então, tento escondê-las ou pelos menos disfarçá-las com alguns produtinhos. Estou fazendo tratamento de pele, e trocando alguns produtos ''comuns'' por produtos especializados para casos de acne, de pele oleosa, etc. E é uma dica que eu dou para vocês que se encontram na mesma fase que eu. 
Mas, voltando ao assunto. Eu acho que é necessário sempre pensarmos que estamos indo estudar. O ideal é uma base de cobertura leve, ou média. Um batom clarinho ou uma batom mais escuro, porém seco...com uma boa duração e que não fique manchando tudo.  Nos olhos, a única coisa que eu não recomendo muito é aquele famoso... ''olhão'' esfumado preto. Mas, vale brincar com um rímel e lápis colorido e também sombras diversificadas. Uma boa ideia para quem não tem muito tempo para fazer uma make, seria o delineado de gatinho. Se você já tem uma certa prática, isso vai te poupar alguns minutos. E para pessoas com jeito mais recatado, eu sugiro sombras de cores neutras. 



Eu acho que é importante você comprar um caderno para as suas anotações, canetinhas e uma agenda para te relembrar das atividades que você vai precisar desenrolar no decorrer do curso. Isso é o básico que você vai precisar levar para a faculdade. Na minha, por exemplo... eu não compro livros, os conteúdos são ''dados'' em fichas, e você pode recorrer à biblioteca. O seu estilo de bolsa, ou mochila, fica ao seu critério. 


É totalmente possível. Eu posso falar disso com propriedade, porque o meu namorado estuda na mesma faculdade que eu e na mesma sala. A lição que eu aprendi é que quando é pra acontecer simplesmente, acontece. Parece clichê, mas é a pura verdade. Quando Deus abre a porta , você decide se vai entrar ou não. A decisão é sua! Uma dica que eu posso te dar, é que você faça da faculdade o seu foco, se acontecer de você namorar com alguém, ótimo! Mas, não tornemos isso uma prioridade. 


Assim como o amor é totalmente possível, a amizade dentro de um âmbito acadêmico também é. É necessário que a convivência exista para que os sentimentos se manifestem. E nos detalhes iremos perceber quem são nossos amigos e quem não faz ''questão'' de ser. As pessoas entram em nossa vida por acaso, mas não é por acaso que elas permanecem.


O conteúdo passado em sala de aula fará parte do processo avaliatório de aprendizagem da faculdade. Estudar é necessário! Pesquisar é muito válido, também. Uma super dica é: Não deixar as atividades extras se acumularem. Trabalho é nota! Tanto o digitado, quanto o feito a punho ou até mesmo o que requer uma apresentação. Estudar o conteúdo que vai ser apresentado, é muito importante! 



Os professores geralmente são mais sérios, mas nada que assuste. Você vai precisar extrair deles o máximo conteúdo possível. Não se esqueça: Você corre atrás dos professores, e não ao contrário. Aproveitem o tempo na faculdade, pois é uma experiência incrível e única. Apesar dos dias monótonos. Até a próxima postagem! 


Todas as fotos dessa postagem foram retiradas da internet, eu apenas as editei. 











09 agosto 2013

Os dias passaram e eu voltei...


Eu poderia ficar horas pedindo desculpas por ter ido embora ou simplesmente fingir que nada aconteceu. Mas, os Expectativas Reais havia deixado de ser uma de minhas prioridades. 
Um pequeno e estranho vazio me abraçou por um tempo. Era como se eu tivesse deixado uma parte de mim para trás. Nesse cantinho eu preenchia as postagens com os meus sonhos e coisas que eu gosto.
Aqui, eu tive a liberdade de ser quem sou, de falar sobre o amor, sofrimentos, descobertas... E por fim,expectativas! Comecei esse blog com pensamentos totalmente diferentes dos de hoje. Não foi o blog que mudou, fui eu. Estou cheia de novos projetos e louquinha para compartilhá-los com vocês. Quero ajudá-los no que eu puder! Esse sempre foi um desejo do meu coração
Então, é isso. Eu voltei e é oficial! Hoje no dia 9 de agosto, eu declaro o blog Expectativas Reais re-aberto.Um abraço apertado em cada um de vocês. 
A pequena sonhadora que acabou de escrever isso, vai ficando por aqui...
Expectativas Reais
Layout desenvolvido por: Daniela da Silva
Tecnologia do Blogger