25 junho 2015

(Resenha) A evolução de Calpúrnia Tate


A evolução de Calpúrnia Tate foi um livro que eu escolhi de forma bem aleatória. Eu estava atrás de um livro que fugisse um pouco de questões voltadas para a adolescência, magia, vampiros, etc... Eu queria uma leitura leve, que eu pudesse ler de forma bem despretensiosa. 
A história desse livro gira em torno de uma garotinha chamada Calpúrnia Tate que tem 11 anos, ela é uma menina inteligente, diferente, questionadora , engraçada, à frente do seu tempo. Possivelmente ele tem várias outras características, mas essas foram as que chamaram mais a minha atenção.
Eu gostei do livro, mas não é um livro que eu amei. Gostei porque ele prendeu a minha atenção, e é um livro que você acaba querendo ler rápido para manter o ritmo da leitura, e posso acrescentar que eu gostei da forma como a Jacqueline Kelly escreveu. Tem algumas palavras que eu não sei o significado, até porque acho difícil sabermos o significado de todas as palavras que existem no mundo. Mas, as que eram comuns ao contexto histórico e/ou ao Texas  foram explicadas no rodapé final de cada página. 
A evolução de Calpúrnia Tate não é um livro super intenso, que levanta questões profundas, até porque querendo ou não, é um livro que apesar da personagem ser uma garotinha super especial, ela tem apenas 11 anos. Ela descobre o seu interesse pela natureza, pelos animais, pelos insetos e pelo seu avô... O livro também toca em assuntos como o dever da mulher naquele tempo e como ela era vista pela sociedade, sobre a diferença das tarefas de Calpúrnia e de seus irmãos e o que Calpúrnia achava de tudo isso.
A capa do livro é bem bonita, como vocês podem ver... Apesar de eu não ser fã de amarelo, eu gostei da forma como os detalhes da natureza parecem estar meio que em alto relevo. E eu gostei também porque o livro veio acompanhado de um marcador de página *-*.
O livro possui 380 páginas, eu sofri um pouco para acabar. Eu não sou uma boa leitora, haha. E ele custou 35 reais, na livraria Imperatriz.

Alguns quotes...

Use com cuidado cada uma das horas que lhe são dadas. (p.113)
Significa que temos de comemorar o fracasso de hoje, porque é um sinal claro de que nossa viagem de descobertas ainda não terminou. O dia em que o experimento der certo será o dia em que ela termina. E eu acredito, inevitavelmente, que a tristeza de terminar supera a celebração do sucesso.  (p.266)

Nessas férias eu decidi ler pelo menos uns 5 livros, esse foi o primeiro. E espero postar em breve a resenha dos próximos para vocês. Se você já leu ou se ficou interessado em ler, deixe o seu comentário e é isso

23 junho 2015

TAG: Meu animal de estimação


Prince é o mais novo mascote do ER *-*, eu pretendo contar alguma das minhas experiências com ele em outro momento, acho que isso vai ajudar quem quer ter um hamster, ou quem acabou de ganhar um,ok?!  Agora vamos a Tag

1) Qual é o nome do seu animal de estimação?
O nome dele é Prince, que significa Príncipe como a maioria de vocês já devem saber o significado, eu coloquei esse nome porque eu queria um nome bem fofinho pra ele.
2) Qual é a espécie e a raça dele (a)?
Eu não sei... Eu acho que ele é um hamster anão, mas não tenho certeza.
3) Qual é a idade?
Acho que ele tem um mês e um dias. Mas não sei ao certo.
4) Como você o adquiriu?
Eu comprei em uma Pet Shop chamada CÃO Q RI.
5) O que ele (a) mais gosta de comer?
Sementes de girassol.
6) Há quanto tempo você tem seu animal de estimação?
Vai completar um mês.
7) O que ele (a) faz que é muito engraçado/fofo?
Eu acho tudo fofo, gosto de vê-lo quando ele dorme, porque ele fica bem encolhidinho e gordinho... 
8) Como é a sua relação com seu animal de estimação? 
É boa, mas eu ainda estou conquistando a confiança dele aos poucos. Ele não gosta de ser pego, então... Fica um pouco complicado, mas ele já recebe os meus carinhos e come na minha mão.
9) Situação engraçada que aconteceu entre vocês.
Acho que essa pergunta é mais relacionada a cachorros/gatos... Mas, o Prince é muito fujão e esperto. Na primeira noite que ele fugiu, ele veio dormir atrás da minha cama e foi terrível para encontrá-lo... Mas no final lá estava ele dormindo, nem aí pra nada/nem ninguém, atrás da minha cama, haha. Foi assustador e não engraçado (?)
10) Alguns apelidos/ nome que você chama seu animal de estimação. 
Fofinho, bebê da mamãe (?), haha.



03 junho 2015

Como eu tenho feito o meu estudo bíblico?


Voltei pessoal, para quem não viu a postagem anterior eu dei uma sumida do ER, porque o meu pai se encontrava na UTI, mas graças a Deus ele recebeu alta e consequentemente saiu do hospital. Ainda não me encontro 100% para escrever. Mas, aqui estou eu. E a postagem de hoje é falando sobre como eu faço o meu estudo bíblico. Na verdade são diquinhas.
A primeira dica que eu vou dar para vocês, é MARCAR as partes que você considerou mais importante, tipo palavras-chave com um marcador de texto e é sempre bom marcar as palavras que você não sabe o significado com uma canetinha, eu geralmente coloco o significado da palavra na bíblia também. Mas, caso vocês vejam algum problema em escrever na bíblia ou em grifar/circular palavras... Uma boa opção é separar um caderninho, onde você pode marcar por capítulo, as palavras, junto com os significados. Ok?! 
A segunda é dica PESQUISAR! Tanto o significado das palavras, para uma melhor compreensão do texto, quanto estudos bíblicos feitos por outras pessoas explicando algumas passagens. Já adianto que cada pessoa acaba interpretando da sua forma, então cabe a você pesquisar e saber quais são as possíveis interpretações.
A terceira é dica IMPRIMIR os estudos bíblicos mais importantes e guardar na sua bíblia mesmo. Eu mesma, imprimi um estudo bíblico falando sobre quem eram os fariseus e os saduceus, a compreensão do texto na minha opinião fica bem melhor quando você tem algo para te auxiliar. 
E por último algo que eu fazia faz um tempo, que eu parei e pretendo voltar é ler a bíblia em forma de história, é um livro, que ele tem esse objetivo de contar a bíblia com uma linguagem mais fácil e mais descontraída. Claro que a bíblia não pode ser dispensada por causa de um livro, na minha opinião. Mas, é bom para gente ter mais conhecimento da palavra. Vou ver se falo mais sobre esse livro em alguma postagem depois.
Fazia tempo que eu não fazia postagens relacionadas a Deus.Mas, vou retornar aos poucos a dar dicas de séries, de filmes, livros, que sirvam para edificação. Claro que é meio que um projeto, então vai levar um certo tempo até eu conseguir colocá-lo pra frente. Até sexta-feira

Expectativas Reais
Layout desenvolvido por: Daniela da Silva
Tecnologia do Blogger