22 abril 2016

Minami kun no Koibito: My Little Lover (Resenha)


Essa resenha vai ser mais ou menos curtinha pelo dorama ter apenas 10 episódios, até porque se eu falar demais, eu posso acabar falando demais e consequentemente dando um spoiler,rs.
Eu achei a temática desse dorama japonês bem diferente, para quem nunca ouviu falar se trata da história da Chiyomi Horikiri que acabou se tornando literalmente pequena e acaba ficando aos cuidados do seu vizinho, o  Shunichi Minami. E o detalhe mais romântico é que esse vizinho é o garoto que ela gosta desde quando ela era pequena
E é mais ou menos isso, claro que a história tem todo um desenvolvimento.
O motivo pelo qual a Chiyomi se tornou pequena, foi por causa de um desejo de uma deusa. Esse tema em particular não me agradou muito, por eu não acreditar no politeísmo. Eu sou cristã para quem caiu de paraquedas no meu blog. E pra quem já é da família do ER sabe que eu tenho minhas reservas em relação a doramas, filmes, livros,animes,etc... que saiam muito da minha realidade. Isso sou eu, você pode ser diferente de mim e não ligar para isso, é um direito seu. 
E sem falar que eu estaria mentindo se eu falasse que esse fato passou despercebido pelos meus olhos (até porque eu teria que ter dormido uns bons episódios,rs.).
Outra coisa que eu não gostei foi do jeito e da voz da Chiyomi Horikiri, ela força M-U-I-T-O um jeito fofinho e eu acho que tudo tem que ter uma certa moderação.
Assim como não gostei muito do jeito do Shunichi Minami, ele pareceu bem bobinho. Ele é um personagem diferente do que eu estou acostumada a ver nos doramas, ele não é aquele tipo de garoto decidido, que sabe como sair de algumas situações, ele faz tudo de um jeito meio atrapalhado e isso me fez não curtir muito o personagem dele ]:
Achei também que dava pra ter diminuído alguns episódios, pelo menos uns 3... Porque tem uma hora que se tornou um pouco cansativo
Mas, Minami kun no Koibito: My Little Lover é um dorama extremamente romântico, e um dos poucos que tem casamento *-*, tive que soltar esse spoiler básico, mas é porque tem algumas pessoas que gostam de doramas que mostrem os personagens se casando, assim como eu o/. Outro tema em que a história foca é o relacionamento entre pai e filho, que tira um pouco o foco do romance, deixando a trama mais interessante.
Resumindo, eu acho que vale a pena ver esse dorama sem muitas expectativas, não considerei ele é um dos melhores doramas, mas ele é um dorama bem legal.

Um cheiro na cabeça de quem leu!

2 comentários:

  1. Cara, eu tentei ver este Drama uma vez; nem foi a história que me incomodou, mas a garota que fez a Chiyomi. Eu ainda tentei ignorar para não ser chata, pow, deixar de assistir só porque a menina é chata? EU estaria sendo chata. Mas não. Foram VÁRIOS fatores, além da atriz enjoada, que me fizeram não gostar tanto. Atuação foi um deles, apesar de que não se pode esperar muito de Jdramas (mesmo assim, eu assisto). :B
    Enfim, boa resenha! :3

    ResponderExcluir
  2. Eu amei esse dorama, em muitos momentos eu chorei. Não vi nada de errado, pra mim foi ótimo!

    ResponderExcluir

Expectativas Reais
Layout desenvolvido por: Daniela da Silva
Tecnologia do Blogger