19 dezembro 2016

A Caminho do Altar (Resenha)


Título:  A Caminho do Altar
Autora: Julia Quinn
Editora: Arqueiro 
Páginas: 320
Estrelas: ✩✩

Sinopse: Ao contrário da maioria de seus amigos, Gregory Bridgerton sempre acreditou no amor. Não podia ser diferente: seus pais se adoravam e seus sete irmãos se casaram apaixonados. Por isso, o jovem tem certeza de que também encontrará a mulher que foi feita para ele e que a reconhecerá assim que a vir. E é exatamente isso que acontece. O problema é que Hermione Watson está encantada por outro homem e não lhe dá a menor atenção. Para sorte de Gregory, porém, Lucinda Abernathy considera o pretendente da melhor amiga um péssimo partido e se oferece para ajudar o romântico Bridgerton a conquistá-la. Mas tudo começa a mudar quando quem se apaixona por ele é Lucy, que já foi prometida pelo tio a um homem que mal conhece. Agora, será que Gregory perceberá a tempo que ela, com seu humor inteligente e seu sorriso luminoso, é a mulher ideal para ele? A caminho do altar, oitavo livro da série Os Bridgertons, é uma história sobre encontros, desencontros e esperança no amor. De forma leve e revigorante, Julia Quinn nos mostra que tudo o que imaginamos sobre paixão à primeira vista é verdade – só precisamos saber onde buscá-la.
Minha opinião: A Caminho do Altar é um romance histórico, preciso confessar que tive um pouco de dificuldade para conseguir ler este livro, por não estar acostumada a esse gênero. Outro ponto que também atrapalhou a minha leitura, foi a falta de conexão que eu senti com a história logo nos primeiros capítulos. Só quando eu já tinha lido mais da metade do livro é que eu fui começar a achar a trama de fato interessante. 
Acho que o final foi bem intrigante e foi a parte que eu mais gostei do livro. As últimas páginas foram extremamente românticas e teve aquele final feliz que eu amo, me desculpem por este spoiler, apesar que acredito que esta informação não tire o brilho da leitura, porque a Lucy e o Gregory passaram por muitos perrengues e apesar do amor ter vencido no final, não foi sem uma boa luta. 
A Caminho do Altar tem uma fonte de um tamanho bem confortável para se ler, a capa não é uma das mais bonitas que eu já vi e os capítulos tem a continuação na mesma página, o que pode não agradar a muitos, eu particularmente não gostei. A Julia Quinn escreve bem e a história foi bastante agradável, dona de um final satisfatório.
Mas, teve dois fatos que me incomodaram no livro:
1º- O livro tem uma parte hot.
Eu tenho que sempre bater na mesma tecla, porque como uma blogueira cristã que gosta de analisar vários materiais diferentes, eu tenho que ser sincera e dizer o que eu achei. Apesar, que eu acredito que nem tudo que serve para mim, vai servir para você. Então, este livro ao meu ver, não me afetou em nenhum quesito, porém você é uma pessoa completamente diferente de mim, então pode ser que você possua outros parâmetros para julgar o que é uma leitura adequada ou não. Mas no fim, fica ao seu critério. Você é livre para escolher o que ler.
- Eu não me apeguei muito aos personagens e acredito que isto é muito importante, ao menos para mim, porque faz com que a leitura consiga fluir de uma forma legal, eu acho que faltou alguma coisa neles e que foi isso que me fez parar tantas vezes e pensar em ler outro livro. Mas, graças a Deus eu consegui concluí-lo.
No geral, eu apreciei a leitura e pretendo ler o primeiro livro, intitulado o Duque e Eu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Expectativas Reais
Layout desenvolvido por: Daniela da Silva
Tecnologia do Blogger